Guia de Viagem – Bonaire

Bonaire nasceu a partir de erupções vulcânicas e é uma grande montanha debaixo d’água, encimadas por uma grande profusão de corais. Seu mar turquesa é capaz de criar um jogo de contrastes belíssimos. Os indígenas que a habitavam, os Arawak, chamaram-lhe Bojnay (“terras baixas”). Também estava povoada por grupos de índios Caiquetio.

Bonaire é um local turístico pouco explorado. Faz parte do conjunto das ilhas ABC e está localizada a 50 km de Curaçao. A riqueza de fauna e flora marinha atraí mais de 50 mil turistas por ano e conta com mais de 60 pontos de mergulhos em águas transparentes. Além do mergulho, Bonaire tem outras atrações, como o windsurf, a ilhota Klein Bonaire e o Parque Nacional de Washington-Slagbaai.

Bonaire - Por do sol
Bonaire – Por do sol

Quando ir

Durante o ano todo. Bonaire não está na rota dos furacões que atingem o Caribe. A época com menos chuva vai de fevereiro a julho e a mais chuvosa vai de outubro a dezembro, mas não costuma chover muito. A temperatura não tem grandes oscilações durante o ano, com média de 28°C. Fomos em Janeiro e nem sinal de chuva. Os turistas costumam ir mais no período de julho e agosto.

Moeda

A moeda mais utilizada em Bonaire é o dólar, mas a moeda oficial é o Florim das Antilhas Holandesas. Leve dólar que não terá problema na ilha.

Importante: Se você for conciliar Aruba e Curaçao na mesma viagem, fique atento, as moedas das ilhas são diferentes. Em Curaçao é o Florim das Antilhas Holandesas e em Aruba é o Florim Arubano.

Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para Bonaire. A opção é pegar um voo para Aruba ou Curaçao. Dentre as opções disponíveis estão Avianca (via Bogotá) e Copa (via Panamá). De Curaçao para Bonaire, fomos pela InselAir. Todo o processo de compra pode ser feito pelo site da companhia aérea.

O que fazer

Sorobon Beach: A praia tem uma excelente infraestrutura para o turista, desde chalés até aluguel de equipamentos para os esportes aquáticos. Famosa pela prática do windsurf, a praia também tem outros esportes aquáticos.

Sorobon Beach
Sorobon Beach
Sorobon Beach
Sorobon Beach


Klein Bonaire: A ilha é paradisíaca, a distância entre as duas é de aproximadamente 800 metros. Na maior parte do trajeto o mar é bem escuro, assim como todo o entorno da ilha. Klein Bonaire tem uma pequena parte rasa, onde o mar é transparente e depois dessa parte o azul fica muito escuro. Pra quem gosta de mergulhar e/ ou fazer snorkel, é um lugar perfeito, um lindo paredão com um rico recife de coral em torno de toda a ilha. A ilha não tem infraestrutura portante tragam tudo do que precisarem. O passeio é bem tranquilo a cada hora tem barco para retorno à Bonaire. Para maiores detalhes veja nossa matéria sobre Klein Bonaire.

Klein Bonaire
Klein Bonaire
Klein Bonaire
Klein Bonaire

Mergulho: As maiores belezas da ilha estão debaixo d’água, e não em suas praias, pois a maioria delas tem areia grossa e faixa estreita para os banhistas. Aqui a visibilidade da água pode atingir 30 metros durante o ano todo. Há mais de 40 pontos para o mergulho, incluindo a ilhota de Klein Bonaire. A maioria dos hotéis possuem operadora própria ou trabalha em conjunto com uma agência.

Fundo do mar em Bonaire
Fundo do mar em Bonaire


Bonaire Reefs: Formados por imensos paredões, que podem chegar a 60 m de profundidade, os recifes de corais da ilha são considerados uns dos mais belos do mundo. A abundância de vida marinha impressiona, principalmente pela variedade de espécies, formas e cores. As águas transparentes proporcionam uma ótima visibilidade, criando um ambiente perfeito para tirar fotos e gravar vídeos. No mergulho, o turista se depara com peixes multi-coloridos, moreias, arraias, tartarugas e até tubarões (não agressivos). O viajante que vai em busca de passeios subaquáticos consegue fazer até 20 descidas em uma semana, principalmente pela facilidade de encontrar pontos de mergulho. Sinalizados por bóias, os locais geralmente estão próximos à praia, o que dispensa o uso de barcos e dá total liberdade aos mergulhadores.


Kralendijk: O nome da pequenina capital de Bonaire já diz tudo. Em holandês, Kralendijk significa algo como ‘barreira de corais’. Principal porto da ilha, boa parte dos hotéis, serviços (bancos, correios, supermercados e posto de saúde) e restaurantes encontram-se por aqui, assim como agências e operadores de mergulho. O pôr do sol é fantástico, passe o final da tarde em um dos seus bares à beira do mar e contemple a natureza.

Centro de Kralendijk
Centro de Kralendijk

Parque Nacional de Washington-Slagbaai: O parque possuí trilhas bem definidas e todas podem ser percorridas de pickup ou de bicicleta. O percurso mais longo dura em média cinco horas de carro passando por praias paradisíacas, campos de cactos gigantes e montanhas inteiras feitas de coral. Todos os sítios são bem marcados e definidos, a visitação é livre, ficando por sua responsabilidade e risco suas atividades. Todas as praias próprias para o mergulho são sinalizadas em um mapa que o visitante recebe ao entrar no parque.

Onde ficar

A regra são hospedagens menores de frente para o mar. Os endereços se concentram na costa oeste da ilha, imediatamente ao norte ou ao sul de Kralendijk, a capital. Ficamos na Caribbean Chillout Apartments, se assemelha as pousadas brasileiras, muito bem estruturada e para nossa sorte ainda exibia sessões de cinema ao ar livre. Para detalhes sobre a pousada acessar nosso diário de bordo Aruba, Bonaire e Curaçao – Dia 7.

Caribbean Chillout Apartments
Caribbean Chillout Apartments

Onde comer

Em Bonaire predominam os restaurantes cuja especialidade são pescados e frutos do mar. A grande maioria com comida caseira e estilo informal. Indicamos o restaurante Rumba Café e o Restaurante El Mundo para um almoço rápido, leve e sem compromisso.

Rumba Cafe
Rumba Cafe

Para maiores detalhes, veja nosso diário de bordo sobre as Ilhas ABC.

28 comments

  1. Que delicia! Nunca tinha ouvido falar e amei saber sobre esse lugar. O fato do solo sob o mar ser vulcânico deve ensejar uma vida marinha maravilhosa. Mergulhar e fazer snorkel aí passou a fazer parte da minha wish list. Gratidão pela informação. Adorei o post!

    1. Essa ilha é muito bonita, faz parte das Ilhas ABC (Aruba, Bonaire e Curaçao). Mar do Caribe e a região não é afetada pelos ciclones e tornados 😉 Vale a pena colocar na lista!!!!

    1. Todos tem seus pontos altos, pergunta difícil. Se tivesse que escolher entre as 3 ficaria com Curaçao. Mas podendo não escolher e visitar as 3 seria perfeito rsrs

  2. Bonaire é um paraíso… que praias lindas, areia branquinha, mar transparente … e esse fundo do mar colorido e cheio de vida… estamos impressionados com esse lugar e já anotamos em nossa listinha de desejos. Parabéns pelo post… :*

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *