Curiosidades sobre Old Town e New Town em Edimburgo

Edimburgo tem sido a capital escocesa desde o século XV, e tem duas áreas distintas: a cidade velha, dominada por uma fortaleza medieval do século XII e a cidade nova, desenvolvida a partir do século XVIII. A capital da Escócia é daqueles lugares em que a arquitetura e o urbanismo são atrações em si, tanto que as regiões conhecidas como Old Town e New Town são consideradas Patrimônios Mundiais pela Unesco.

Edimburgo vista de cima

Old Town (Cidade Velha)

Na pré-história as origens de Edimburgo levam a crer que a cidade era um assentamento, quando sua rocha do castelo foi fortificada, e pode ter servido como palácio real no início do período histórico. O povoado que cresceu foi feito um burgo real pelo Rei David I em cerca de 1125. No final do século XV foi a capital da Escócia e tornou-se um grande símbolo arquitetônico da nação escocesa.

Old Town

Como falado no post sobre as famosas e belas ruas de Edimburgo, o Castelo e o Palácio Holyroodhouse são ligados pela Royal Mile. Para a Unesco, o “contraste entre a orgânica e medieval Old Town e a planejada e georgiana New Town proporciona uma clareza de estrutura urbana sem igual na Europa”. A cidade velha cresceu junto à Royal Mile e foi murada do século XV em diante. Sofreu durante a invasão inglesa de 1544, e a maioria dos edifícios data a reconstrução depois do evento. No início do século XVII, grande parte da riqueza da nação tinha chegado nas mãos da elite comerciante de Edimburgo, que resultou numa considerável construção de novos edifícios. A nobreza também construiu casas na cidade, que também contribuiu para a alta qualidade da arquitetura doméstica deste período.

Old Town

No final do século XIX, tinha havido uma retirada da cidade velha, como resultado do crescimento da nova cidade. Em 1892, Sir Patrick Geddes propôs que deveria ser regenerada, atraindo de volta à cidade, a Universidade, a burguesia e a intelectualidade. Seu plano envolveu a restauração e reutilização dos edifícios mais antigos. Monumentos simbólicos do passado da Escócia foram agrupados em Calton Hill, a aspiração de construir a ‘Atenas do Norte’.

Old Town e New Town

A Cidade Velha de Edimburgo é um conjunto de ruas antigas com construções medievais impressionantes. Vale a pena percorrer cada trecho da antiga cidade, com edifícios maravilhosos. Partindo da catedral, descendo a Royal Miles, ou descendo a rua da Biblioteca em direção a região do antigo mercado. Neste local eram executados os condenados de Edimburgo.

New Town (Cidade Nova)

Construída de forma planejada entre 1767 e 1890 em estilo georgiano, é uma área de grandes lojas e de atrações como o monumento ao escritor Walter Scott e os principais museus de arte de Edimburgo. Na região existem grandes jardins, como o Regent Gardens, o Private Gardens e o Princess Street Gardens. Desse último é possível subir a pé para o Castelo de Edimburgo.

New Town

Repleta de comércios e restaurantes, é o lado mais antigo da cidade. Vale ressaltar que na new town não se vê prédios novos, apenas mais novos que os da old town. Vale muito a pena caminhar por essas ruas e apreciar a arquitetura e o mistério dessa linda cidade.

New Town

28 comments

  1. Muito legal um post sobre o assunto! Parece simples, mas para quem está programando uma viagem até lá pela primeira, faz todo sentido e é muito esclarecedor!

  2. Fui pra Edinburgo em 2006 e adorei conhecer a cidade… aquele castelo no alto é incrível, ne? Super medieval! Achei super divertido ver os escoceses vestidos de saia (e provavelmente sem nada por baixo hahaha mas isso não conferi). Agora confesso que achei super difícil entender o inglês deles!
    Beijão

  3. Que legal essas curiosidades. Muito bom saber esses detalhes antes de conhecer! Edimburgo me fascina. Tenho um amigo que mora por aí e sempre me convida mas infelizmente não tive como visita-lo. Parabéns pelo post!

  4. Que cidade linda essa Edimburgo. Não conheço ainda, mas é o tipo do lugar que amo conhecer, com cada arquitetura maravilhosa. Parabéns pelo post =)

  5. Eu adoro esses lugares que tem a parte do old town e new town. Sempre gosto mais do old town, por conta das construções antigas e as histórias que o local guarda. Parabéns pelo post! 🙂

    1. Viviane, quando pequeno não era o melhor aluno e não curtia muito as aulas de história mas estudar na prática é outra coisa neh? rsrs Bjs

  6. Deve ser uma delícia de lindo passear pelas ruas de Old own, com direito a muitas fotinhas lindas.

    Genteee, achei que a New Town seria justamente isso, prédios novos. Curioso!

    Show o post.

    Beijokas.
    Carol

  7. Passear por Edimburgo é como voltar no tempo, a um passado cheio de história marcado em cada cantinho e em cada edificação dos bairros dessa cidade! Adoro conhecer a parte histórica dos lugares que têm história pra contar e no seu post você focou bastante nisso. Parabéns!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *